Buscar

Mochilas

Acessórios e periféricos de informática

Acessórios e periféricos de informática são objetos eletrônicos usados para obter melhor rendimento do computador ou do notebook, além de oferecer ao usuário mais comodidade e praticidade para trabalhar. Basicamente, eles são divididos em duas categorias: os acessórios de entrada, que possuem a capacidade de enviar informações para o computador, como teclado, mouse, joystick, digitalizador; e os itens de saída, que transmitem informação do computador para a pessoa que o utiliza. Monitores, impressoras e caixas de som são os periféricos mais comuns desse tipo.

Produtos encontrados:51

Comparar

Clique em "Marque e compare com outros produtos" para exibir comparação: produto(s) selecionado(s)

Adicionar

Produto(s) selecionado(s) para adicionar à Lista de Casamento.

Comparar

Clique em "Marque e compare com outros produtos" para exibir comparação: produto(s) selecionado(s)

Acessórios e periféricos de informática

  • Tipos de Acessórios

    Mais facilidade na execução de tarefas no computador

    Adaptadores

    São dispositivos práticos que permitem que um objeto não compatível com uma conexão possa ser plugado no aparelho. Um exemplo disso são os leitores de cartões de memória, que leem alguns tipos de cartões e possuem entrada compatível com a maioria dos computadores.

    Caixas de som

    As caixas de som possuem propriedades para regular graves e agudos. Já os subwoofers são compostos por três caixas, sendo duas de saída de som e uma para reforço.

    Fones e Headsets

    Os headsets são compostos por um par de fones de ouvido com controle de volume e um microfone acoplado. Eles são muito práticos para quem trabalha ou precisa digitar constantemente, pois deixam as mãos livres para outras atividades. Outra vantagem é que o usuário não precisa comprar um microfone à parte, o qual pode ocupar espaço. Os fones, por sua vez, costumam ter tamanho menor, além de ser mais cômodos e leves. Eles são ideais para quem trabalha constantemente com som ou não quer incomodar com o som alto.

    Mouses

    O mouse óptico, o tipo mais comum no mercado, conta com um leitor para orientar a movimentação do cursor na tela. Além do óptico, existem algumas variações, como os anatômicos, que se adaptam ao formato das mãos, e o mouse sem fio, que é conectado via Bluetooth com a fonte.

    Teclados

    Os teclados convencionais ainda são os mais vendidos, mas existem alguns modelos que estão ganhando a preferência das pessoas. Um deles é o tipo flexível, feito com silicone e borracha, que pode ser dobrado ou enrolado, facilitando o seu transporte.

    Webcam

    As webcams podem ser encontradas em diversas resoluções. As mais simples possuem 0.3 MP, mas é possível encontrar câmeras com mais de 10 MP. Aparelhos mais modernos podem produzir imagens em Full HD, ideais para registrar também fotos e vídeos. Para maior praticidade na instalação, o ideal é que ela tenha conexão USB 2.0, que é encontrada em quase todos os computadores.

    Cabos

    Há diversos cabos usados na área da informática, como o USB, que permite a transferência de arquivos entre o computador e um dispositivo ligado a ele – um pendrive ou um celular, por exemplo. Já o cabo RCA faz a conexão de imagem e vídeo entre um aparelho a um transmissor (DVD e televisor, por exemplo). A entrada HDMI, por sua vez, possui uma entrada digital que integra áudio e vídeo em um único fio. Existe ainda a VGA, uma entrada analógica comum que liga o monitor à placa de som, e o cabo de força MD9, usado para aumentar a distância entre duas conexões comuns.

    Mochilas

    Ótimas opções para carregar notebooks, esses itens geralmente têm formato discreto e prático. Alguns modelos disponibilizam uma divisória especial para o computador, revestido com material que amortece os impactos. Para garantir a proteção do notebook contra chuva e sujeira, é importante que elas sejam feitas de nylon, poliéster ou tecido semelhantemente resistente.

Mochilas: descubra como escolher o modelo adequado

  • Estilos casual e esportivo se encaixam em várias situações diárias

    Para carregar objetos de trabalho, material escolar, acessórios esportivos ou até suprimentos para viagens curtas, as práticas e versáteis mochilas cumprem bem o papel. Dependendo da capacidade interna, chegam a comportar até 90 litros, que é o caso de algumas cargueiras, mas é preciso gerenciar o peso que será depositado. Caso exceda a capacidade, pode causar danos a saúde. Dores no pescoço, nas costas e nos braços, desvios de coluna e arredondamento dos ombros podem ser evitados fazendo a escolha correta. Descubra o melhor modelo para sua necessidade.

    Esportivas

    Amplas e resistentes, essas mochilas geralmente contam com vários bolsos principais e externos. Possuem alças anatômicas e ajustáveis que distribuem o peso do conteúdo e promovem um transporte seguro e confortável. Alguns modelos têm resistência a água, como os que são feitos de tecido revestido com poliuterano. Normalmente possuem compartimentos específicos para alimentos, que podem ser térmicos, conservando-os por mais tempo.

    As esportivas variam de acordo com a finalidade para a qual serão usadas. Para os esportes que exigem maior esforço físico e mais tempo de duração, como trilhas e escaladas, as mochilas devem ser mais resistentes. Já para uma caminhada ou corrida, o mais indicado é que sejam leves e contenham a menor quantidade de objetos possível. Há também as cargueiras, ideais para viajar como mochileiro, pois suportam bastante peso e são ajustáveis a diferentes estaturas.

    Casuais

    São recomendadas para uso no dia a dia, podendo ser levada ao colégio e a passeios diversos. Apresentam grande variedade de cores e tamanhos, com estampas e design para todos as preferências. Esses modelos facilitam a organização de materiais escolares, roupas e acessórios úteis como tablets e notebooks.

    As mochilas podem ser equipadas com bolsos internos, laterais e frontais que abrem com zíper, duas alças para as costas - ajustáveis e acolchoadas - e uma superior de mão. É importante atentar ao peso contido na mochila. Ele não deve ultrapassar a medida de 10% do peso de quem a está utilizando.

    Para tornar mais ágil a mobilidade em superfícies lisas, existem versões com rodinhas. Nestes modelos, o cabo precisa ser comprido o suficiente para que os braços, que devem segurá-lo alternadamente, fiquem esticados durante o transporte.

    Compartimentos

    As mochilas podem apresentar diferentes tipos de compartimentos, adequados para objetos específicos. Um deles é feito para notebook, com capacidade para várias dimensões e interior acolchoado, que amortece impactos provocados por quedas.

    O celular também ficará seguro se estiver guardado no interior da mochila, com espaço para aparelhos de tamanhos mais comuns. Os telefones ficam mais firmes em porta-celulares especiais que fecham com zíper ou velcro.

    Os bolsos externos são usados para depositar objetos de maneira mais prática e rápida, mantendo-os sempre a mão. Em alguns casos, são feitos de tela, por isso não é indicado utilizá-los para guardar itens de grande valor.

    Capacidade interna

    Mochilas que possuem capacidade de até 30 litros são adequadas ao uso diário, seja para ir a escola ou ao trabalho. Já as que comportam de 31 a 40 litros são mais usadas durante a prática de esportes, por terem espaço compatível com a quantidade de acessórios e equipamentos necessários. As que carregam acima de 40 litros são especiais para viagens longas e para quem gosta de viajar de mochilão ou acampar.

Buscar