Buscar

Monitores Cardíacos - Oregon

Produtos encontrados:1

Comparar

Clique em "Marque e compare com outros produtos" para exibir comparação: produto(s) selecionado(s)

Adicionar

Produto(s) selecionado(s) para adicionar à Lista de Casamento.

Comparar

Clique em "Marque e compare com outros produtos" para exibir comparação: produto(s) selecionado(s)

Monitores cardíacos e acessórios

  • Equipamentos que facilitam a prática de atividades

    Os monitores cardíacos são pequenos aparelhos que servem para indicar a frequência de batimentos do coração durante exercícios físicos, controlando, assim, a sua intensidade. Com o formato semelhante ao dos relógios, são instrumentos importantes para evitar danos à saúde e alcançar os resultados esperados.

    Ao aderir à prática de atividades físicas, é importante estar atento à energia corporal exigida para não ultrapassar os próprios limites e, em vez de melhorar a qualidade de vida, prejudicá-la. Com alguns acessórios é possível configurar a densidade dos treinos de acordo com o nível do exercício – que pode ser leve, moderado ou pesado – e acompanhar os resultados na medida em que a modalidade vai sendo executada.

    Funcionalidades dos produtos

    Os monitores contam com um visor que disponibiliza até duas informações simultâneas, como frequência cardíaca, cronômetro, percentual de batimento cardíaco máximo, calorias consumidas e tempo dentro da zona alvo (faixa de frequência cardíaca ideal). A maioria dos modelos vem com relógio e indicador de data. Além disso, os aparelhos avisam o nível da bateria e mostram alarmes e alertas visuais e sonoros sempre que o usuário estiver abaixo ou acima dos valores configurados. Para facilitar o uso durante o período da noite, alguns exemplares têm luz de fundo, o que garante a eficácia do produto mesmo em locais com pouca iluminação.

    São movidos à bateria e, em muitos casos, resistentes à água, suportando profundidades de até 30 m sem correr o risco de serem danificados – para não prejudicar o funcionamento, é recomendado não acionar os botões do aparelho durante o tempo em que ele estiver imerso. Alguns tipos contam ainda com a função memória, que guarda as informações do último exercício realizado. Dessa forma, comparar treinos e observar a evolução do condicionamento físico fica ainda mais fácil.

    Cronômetros

    De uso obrigatório para os esportistas que buscam quebrar os próprios recordes, são pequenos e leves e alimentados por bateria. O tipo mais comum é o progressivo, mas podem ser encontrados alguns modelos também com contagem regressiva. Os cronômetros indicam, entre outras coisas, o tempo de volta individual e total e o cálculo da média de tempo para finalização da atividade – essas informações são armazenadas por data. Pode ser fabricado com plástico, silicone, aço inoxidável ou borracha, além de componentes eletrônicos.

    Pedômetros

    Ideais para corridas, esses produtos realizam a contagem de passos e distâncias percorridas e auxilia no monitoramento das calorias. Para quem gosta de exercitar-se ouvindo música, existem exemplares que disponibilizam a opção de rádio FM.

    Os pedômetros vêm acompanhados de um clipe para prender na cintura, o que facilita o transporte e garante um melhor acompanhamento da atividade. Eles funcionam à bateria e contam ainda com a função relógio.

    Público-alvo

    Pessoas de todas as idades, pesos e tipos físicos estão aptas a fazer uso desses equipamentos para que possam acompanhar e controlar sua prática esportiva. Com esses itens, além de realizar exercícios de forma mais segura, é possível observar a evolução e as mudanças do corpo.

Monitores cardíacos: instrumentos para cuidar de sua saúde

  • Itens que melhoram o rendimento e que previnem contra prejuízos durante a prática de exercícios

    Na hora do treino, um pequeno aparelho pode fazer toda a diferença. É o caso do monitor cardíaco, também chamado de frequencímetro, que mede e controla os batimentos do coração. Outra de suas funções envolve o monitoramento dos exercícios, que gera dados importantes para melhorar o desempenho físico. Com isso, o equipamento auxilia para que o corpo não seja sobrecarregado.

    Exercite-se com segurança e tranquilidade

    Os monitores cardíacos são úteis não apenas para atletas, mas para qualquer indivíduo que pratica atividades físicas cardiorrespiratórias, já que é por meio da frequência cardíaca que a pessoa sabe se está fazendo exercícios que exigem um esforço além de sua capacidade. Dessa forma, problemas de saúde ocasionados por um treinamento inadequado podem ser evitados. Por outro lado, caso o aparelho mostre que é possível continuar a realizar mais treinos, há o benefício de poder intensificar o ritmo e aprimorar as séries de exercícios.

    Funcionamento

    Entre os modelos disponíveis, está o de cinta peitoral, que é muito eficaz e à prova d’água, podendo ser utilizado em atividades na piscina, no mar e na chuva. Colocada na região torácica, a cinta coleta as informações do corpo e as transmite para o receptor – geralmente um relógio de pulso –, que registra os batimentos cardíacos por minuto.

    Existem monitores com variadas funções opcionais, que operam também com cronômetro, sensor de velocidade e distância e exibição de diversos dados, como a quantidade de calorias gastas, o percentual de gordura consumida, o tempo de recuperação e o consumo de oxigênio. Alguns desses aparelhos têm ainda a capacidade de armazenar os registros e transferi-los para o computador.

    Como saber se estou no ritmo certo?

    Calcular a frequência cardíaca máxima é bastante simples, basta seguir uma fórmula: pegue o valor 220 e subtraia daí a sua idade – um homem de 30 anos, por exemplo, tem FCM de 190 batimentos por minuto. A partir dessa medida, é possível realizar muitos outros cálculos que auxiliam a prática saudável de exercícios e a descoberta das zonas de treinamento – sendo elas a baixa ou moderada (de 50 a 60% da FCM), a aeróbica (de 70 a 80% da FCM) e a alta ou máxima (de 90 a 100% da FCM).

    Suporte para alcançar as metas com saúde

    Conhecer essas zonas é essencial para alcançar os objetivos das atividades físicas. Quem procura perder peso, por exemplo, deve conhecer a intensidade necessária dos exercícios para que consiga emagrecer. Se não há um monitoramento, o risco de fazer esforço demais ou de menos é maior, o que pode comprometer a saúde.

    Esse é o caso também de quem sofre de problemas do coração: o monitor cardíaco é um item indispensável, já que alerta quando os limites aceitáveis estão sendo ultrapassados. Já para aqueles que malham pesado a fim de aumentar sua massa muscular, a medição feita pelo aparelho auxilia para que se faça um treino preciso e se chegue ao efeito desejado sem perder o vigor.

Buscar