Segurança da Casa

Produtos encontrados:5722

Comparar

Clique em "Comparar" para exibir a comparação: produto(s) selecionado(s)

Adicionar

Produto(s) selecionado(s) para adicionar à Lista de Casamento.

Comparar

Clique em "Comparar" para exibir a comparação: produto(s) selecionado(s)

Segurança

  • Ferramentas para proteção de imóveis: de simples instalação

    A tecnologia também está a serviço da segurança de residências e empresas, contribuindo para proteger esses ambientes contra roubos, furtos e invasões. Ferramentas de segurança eletrônica fáceis de instalar e manusear têm permitido o monitoramento constante de patrimônios. Conheça as principais características desses produtos e escolha o modelo ideal para as necessidades do seu dia a dia.

    Alarmes

    Os alarmes podem ser instalados em qualquer lugar do imóvel. O objetivo do aparelho é indicar a presença de um invasor no ambiente através de um detector de movimento. Dependendo do modelo, esse aviso será por meio de sirene, sinais luminosos ou um autodiscador de chamadas. Neste último, o proprietário registra números de telefones que receberão uma mensagem automática de voz informando sobre a invasão da propriedade. Ainda há a opção de alarme que liga automaticamente na ausência de movimento, permitindo a programação do horário de funcionamento do aparelho.

    Sensores

    Para escolher o tipo ideal de sensor, é interessante observar o material com o qual ele foi fabricado. Para o uso em telas, grades, muros, pátios, salas e até em objetos é recomendável a utilização do sensor infravermelho ativo, que emite uma linha laser. Esse modelo permite a proteção de um perímetro específico ao bloquear o acesso a determinada área. O laser não pode ser visto a olho nu, impedindo o invasor de identificar a localização do aparelho.

    Já o sensor infravermelho passivo faz a leitura de todo o ambiente. Assim, qualquer movimentação ou calor excessivo é detectado pelo equipamento, fazendo com que o alarme dispare. Existem também os sensores de vibração e de vidro, que detectam qualquer vibração no objeto ou vitrine protegida. Além do modelo magnético, que protege portas e janelas contra arrombamentos. Se o usuário preferir, poderá utilizar as fechaduras elétricas para portas e portões de metal e madeira. Elas são acionadas por meio de interfone, botoeira e teclado com número de senha.

    Cercas elétricas

    Funcionam com uma tensão de cerca de 10 mil volts de forma pulsante. Dessa maneira, o invasor não fica grudado na instalação, tendo em vista que a amperagem da corrente elétrica é baixa, justamente para evitar danos físicos maiores. Se a descarga elétrica for acionada ou houver uma tentativa de corte dos fios, o alarme é disparado. Geralmente, o equipamento tem uma bateria para que a cerca permaneça funcionando, caso ocorra falta de energia no local.

    Porteiro eletrônico

    É ideal para auxiliar na segurança de prédios e condomínios. Possibilita a comunicação entre os moradores e um funcionário ou visitante. Alguns modelos têm a função de abrir fechaduras elétricas e portões eletrônicos da portaria por meio de senha.

    Videoporteiro

    Com o videoporteiro, é possível ter um interfone com uma câmera embutida no painel externo onde o visitante toca. O mecanismo possibilita ao morador identificar e conversar com a pessoa por meio de um monitor instalado no interior da residência.

    Gravadores digitais

    Já com o gravador digital, o usuário pode gravar imagens e acessá-las usando computadores ou celulares com conexão a internet. Logo, o monitoramento da segurança poderá ser feito a qualquer hora e lugar.

    Câmeras e monitores

    A proteção de imóveis também é possível por meio de câmeras de segurança instaladas no ambiente. O acompanhamento do que acontece dentro de casa ou na área externa pode ser realizado com o auxílio de monitores, capazes de transmitir imagens em tempo real.

  • Departamentos